FUNDAÇÃO TRAPISTA NA SIRIA

Jo van Haeperen

As monjas trapistas do Mosteiro de Valserena, na Itália, decidiram fazer uma fundação na Síria. Com esta finalidade, um pequeno grupo se instalou em Alepo, desde março de 2005.

Contando com diversas ajudas, as monjas adquiriram um terreno no vilarejo maronita de Azeir. A bênção e a solene inauguração da cruz de fundação aconteceram em março de 2008.

«Foi o desejo de conservar a herança dos sete monges de Tibhirine... que esteve no ponto de partida» desse projeto em andamento. A comunidade das monjas veio se inserir entre uma comunidade cristã minoritária no meio de uma população muçulmana amplamente majoritária. A partir dessa situação, procedem os seguintes objetivos a serem realizados prioritariamente:

- fazer com que os cristãos e muçulmanos se vejam reciprocamente com o olhar de Deus;

- apoiar a presença dos cristãos árabes no Oriente Médio;

- contribuir para perpetuar a fecundidade do intercâmbio espiritual entre as heranças cristãs do Oriente e do Ocidente.

Para maiores informações, consultar:

http//www.valserena.it/siria_progetto_fr.html

Jo van Haeperen é oblato secular
do Mosteiro de Saint-André de Clerlande, Ottignies (Bélgica)
e Secretário Geral do Boletim da A.I.M.